Brigada de Incendio

Apresentação

O treinamento de Formação e/ou Reciclagem de Brigada de Incêndio realizado na R&G Solution conta com uma excelente estrututa fìsíca e pedagógica que se destaca no Estado pela qualidade e agilidade na prestação do serviço.

Além da estrutura para realização dos treinamento téorico a R&G disponibiliza para seus clientes o seu novo Centro de Treinamento Prático que conta com Casa de Fumaça, Projeto de Combate a Incêndio, Plataforma com queima de gás na fase líquida e EPI´s mais atuais do mercado entre outros instrumentos que viabilizam a formação de qualidade do Brigadista.

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM ISALUBRIDADE E PERICULOSIDADE

A MACHADO ASSESSORIA possui um Know-how de atuação em diversos setores que envolvem a saúde e segurança do trabalhador. Oferecemos aos nossos clientes serviços personalizados e adequados às necessidades de cada empresa.


Confira nossos serviços:


Assistência Técnica em Perícias Judiciais de Insalubridade, Periculosidade e Acidente do Trabalho e Doença Ocupacional
Todos os processos trabalhistas que envolverem pedido de adicional de insalubridade e/ou periculosidade e acidente do trabalho e doença ocupacional serão acompanhados por Assistente Técnico.
O trabalho de assistência técnica envolve a elaboração de subsídios para a contestação, preparação de rol de quesitos, contato com o perito judicial para agendamento conjunto da vistoria, acompanhamento da vistoria prestando esclarecimentos ao perito judicial, apresentação de parecer, elaboração de subsídios para a impugnação (caso o laudo pericial seja desfavorável) etc.


Elaboração de Laudo de Periculosidade
(NR-16, NR-19 e NR-20 da Portaria nº 3.214/78)


Documento gerencial cuja finalidade é estabelecer quais trabalhadores em tese teria direito ao adicional de periculosidade pela exposição ao perigo oriundo de explosivos, inflamáveis, eletricidade e radiações ionizantes.

Elaboração de Laudo de Insalubridade (NR-15 da Portaria nº 3.214/78)

Documento gerencial cuja finalidade é estabelecer quais trabalhadores em tese teriam direito ao adicional de insalubridade pela exposição aos agentes físicos, químicos e biológicos acima dos limites de tolerância, sem a neutralização promovida pelos equipamentos de proteção coletiva e/ou individual.